QUAL O TIPO DE FLUÍDO ATF CORRETO PARA O MEU CARRO?

Transmissões Automáticas, usam um tipo especial de óleo (fluído), chamado de Fluído de Transmissão Automática, ou ATF. Este fluído tem várias funções na transmissão, incluindo lubrificação, resfriamento e aplicação de embreagem.



Transmissões Automáticas, usam um tipo especial de óleo (fluído), chamado de Fluído de Transmissão Automática, ou ATF. Este fluído tem várias funções na transmissão, incluindo lubrificação, resfriamento e aplicação de embreagem.


O ATF até fornece a conexão entre o motor e a transmissão, através de um acoplamento hidráulico chamado conversor de torque. E, quando espremido entre as garras, o ATF age como uma “cola”, proporcionando atrito adicional e capacidade de retenção para mover o veículo.


Então o ATF é um fluído muito versátil. É por isso que manter esse componente em perfeitas condições, é essencial para a vida útil da transmissão. Anos atrás, havia apenas dois tipos de fluídos no mercado: Tipo A e Tipo F. A sabedoria convencional dizia que o Tipo F era para Fords e o Tipo A era para todo o resto. A sabedoria convencional não era tão exata naquela época, e hoje está completamente fora de visão.


Hoje existem literalmente, dezenas de diferentes tipos de fluídos, cada um com um conjunto específico de modificadores de fricção para atender aos requisitos das centenas de diferentes transmissões do mercado.

        Usar o fluído errado nas transmissões atuais afetará o desempenho no curto prazo. Isso pode causar falha na transmissão, fornecendo lubrificação inadequada e alterando a fricção. Portanto, é muito importante ter certeza de que você está usando o fluído para o qual sua transmissão foi projetada.

Como você pode saber qual fluído de transmissão é adequado para o seu carro? Verifique o manual do proprietário ou a vareta de medição da transmissão.

Eles devem fornecer uma especificação detalhada para o tipo de fluído necessário.

E sempre use um fluído de qualidade; evite marcas desconhecidas. Muitos deles podem ser atrativos no preço, mas a maioria não contém os pacotes de aditivos exigidos pelo fabricante, independente da classificação na garrafa.

Em alguns casos, sua única opção será usar um fluído original, disponível apenas na concessionária. Eles geralmente são caros, mas valem o custo extra a longo prazo. Se você tiver outras dúvidas sobre os requisitos de fluído para a transmissão do seu carro, mande um E-mail para o Grupo C.A.B. que logo em seguida retornaremos com a resposta da sua duvida.